top of page
ADS para site.gif

A sua história será a inspiração de outras histórias

Escreva a sua história também. Clique Aqui👇

Erica Duarte

Fortaleza Ceará

Erica Duarte

Olá meninas! Meu nome é Erica tenho 27 anos, sou casada a 8 anos e tenho um filho de 5 anos. Desde criança tenho veia empreendedora colocava roupas e bonecas usadas pra vender na calçada de casa e fazia rifas pra conseguir um dinheirinho tive uma infância muito difícil vim de uma família bem desestruturada Meu pai era alcoolatra e sempre agredia minha mãe, ele trabalhava catando reciclagem na rua, nem sempre dava pra comprar o que comer já que era eu e mais 4 irmãos pequenos, era muito triste desejava ter nascido em outra família, quando eu fiz 13 anos cansei de ver minha mãe sofrer pedi a ela que me desse o dinheiro que ela receberia do bolsa escola na época. falei com minha irmã mais velha filha de outro relacionamento da minha mãe e pedi ajuda para que ela interasse o dinheiro e fosse comigo atrás de casa pra alugar, e fomos! Alugamos a casa aproveitamos o momento em que ele não estava em casa e levamos nossa mãe e irmãos, e bastante dificil recordar esses momentos dói até hoje. enfim minha mãe começou a trabalhar em casa de família e eu cuidava da casa e dos meus irmão, meu pai ia atrás dela ameaçar e pedir pra voltar, mais minha mãe foi forte e não quis, ele se afundou na bebida e um ano depois saiu com a roupa do corpo e nunca mais voltou ngm sabe o paradeiro dele até hoje ! Eu acho que morreu! Enfim com 14 anos comecei um relacionamento mais continuei a ajudar minha mãe em casa, esse relacionamento durou até meus 19 anos, Quando terminou conheci meu atual marido com quem estou até hoje graças a Deus, construímos muitas coisas juntos eu por minha vez nunca trabalhei clt por falta de oportunidade, a cada entrevista é uma decepção pois me sinto muito inferior, pq nem um emprego consigo, já tentei vender roupas, fazer cabelo e unhas meu marido me dá maior força porém não foi algo que eu realmente me identificasse sempre quis fazer curso de designer de sobrancelhas mais as condições não estão das melhores! hoje mesmo estamos sem nem um real,eu estou muito triste, estamos cheios de cartões pra pagar, um filho pra criar etc, faco de tudo para que nao falte o básico para meu filho pois nao quero que ele passe pelo que eu passei. Meu marido é empreendedor e não está tendo serviços, me sinto incapaz por não poder ajudar, gostaria de ser minha própria patroa ter meu espaço e poder da uma vida melhor para meu filho, e seu curso caiu do céu pra mim nesse momento tão delicado.

Blog Projeto Mudar
bottom of page